Especial Ilhas da Tailândia: Hong Island

50º Dia – Hong Island, 18 de Março de 2014. 

É senso comum dizer que a Tailândia é bonita. A natureza foi generosa por aqui, criando belas paisagens que mesclam lindas praias, montanhas, rios e cachoeiras de fazerem cair o queixo. Por isso, resolvemos começar nosso tour pelo país conhecendo suas ilhas mais famosas:

thaislandPara um roteiro de pouco mais de um mês no país, fomos bem ambiciosos: Visitamos Hong Island, Koh Lanta, Koh Phi Phi (com um pernoite em Maya Bay, a lendária ilha do filme “A Praia”, e uma passadinha em Bamboo Island), Koh Samui, Koh Phangan, Koh Tao e, ufa, Koh Nang Yuan.

E sim, como você já deve ter percebido, “ilha” em tailandês é “Koh”. 😉

Ainda em Ao Nang, nossa base ao chegarmos na Tailândia, fomos atrás do translado para Hong Island. Locomover-se pela Tailândia é ridiculamente fácil, especialmente para lugares turísticos como as ilhas. Existem centenas – talvez até milhares – de agências espalhadas por onde quer que você esteja, vendendo pacotes com passeios, transfers, absolutamente tudo que você precisa para ir de um ponto ao outro, te pegando na porta do hotel, levando ao lugar desejado e ainda trazendo de volta, se for o caso. É até engraçado: você vai ao mercado, à farmácia, e lá tem uma plaquinha escrito: “Temos tickets para o passeio/ilha tal”. Não tem como não se virar.

A maior dificuldade, se é que podemos chamar assim, é saber o valor justo do que se está comprando. É sempre bom pesquisar o preço atual correto na internet e pedir desconto.

Fechamos em uma agência o translado para Hong Island por 1300 baht (~U$40) para os dois, com almoço, frutas e bebidas inclusas, além de equipamentos de snorkel. A viagem se dá por meio de longtails, como são chamados os barcos típicos por aqui.

O passeio começa cedo, com o motorista do songateow indo nos buscar no hotel. O horário marcado era às 08h, mas às 07h55 já ouvíamos o barulho do carro estacionando. Pontuais esses tailandeses. Os procedimentos em todo pacote como esse são os mais bizarros possíveis: colocam uma etiquetinha colorida em você e pedem para não tirar. Acredite, esse pequeno adesivo é uma identificação importante para todos os envolvidos nos trâmites turísticos a partir dali, e o que fará você ser entregue em segurança no píer ao barco correto, que te levará ao passeio que você escolheu e tudo o mais conforme combinado. Difícil de acreditar, mas funciona.

Só iríamos descobrir mais tarde, mas todos os passeios são feitos dessa maneira. Você – o cliente – nunca sabe de nada, e fica a mercê da boa fé de todos os responsáveis em cumprir com o prometido. Nós, brasileiros que somos, sempre ficávamos com o pé atrás a cada novo passeio que fazíamos. “Almoço incluso?”, aham, sei. “Ônibus com ar-condicionado? VIP?”, ok, ok… A cada parada, cada movimento diferente, esperávamos pelo pior. Já estávamos preparados para o golpe, a mutreta, a sacanagem, o anão vestido de palhaço aparecer do nada gritando aha, pegadinha do Mallandro!, mas não, isso nunca aconteceu.

Pode confiar, aqui é a Tailândia.

O passeio mal começa, mas o trajeto já é de impressionar! O que são essas montanhas saindo do mar da Tailândia, meu Deus?? Coisa linda de se ver. Não tem nem como ficar entediado nos pouco mais de 30 minutos até a primeira parada, em Lading Island, não coincidentemente também conhecida como Paradise Island.

Apesar de lotada de barcos, a ilha é muito bonita. Na verdade, até os barcos dão um charme a mais. A parada é rápida, mas o suficiente para fazer snorkel e ainda aproveitar o almoço incluso.

Como descobriríamos em breve, praticamente todo passeio na Tailândia envolve uma ou mais paradas para mergulho. As primeiras vezes são bem legais, mas depois da quinta vez chegamos a cometer a barbaridade de pensar: “Ah, mais peixinhos nessa água super transparente? De novo?”.

E o passeio continua, com aquela paisagem linda de sempre…

Dessa vez vamos nos aproximando por mais uma colossal muralha de pedras sobre o mar. A parede natural é o que fecha um curso d’água, transformando-o na linda Blue Lagoon.

E lá vamos nós novamente, ô caminho chato… 😛

E logo mais a frente, ela aparece, toda imponente: enfim, Hong Island!

O cenário é tão bonito que chega até a ser difícil tirar uma foto ruim. O ambiente é completamente fotogênico.

As ilhas da Tailândia têm um problema… depois que você as visita, automaticamente fica muito mais seletivo para praias. Como um expert, você passa a criticar os tons de verde e azul da água, a granularidade da areia, a temperatura ideal do mar, condições do vento. Um castigo pra quem gosta de praia. É como o alpinista que chega ao Everest e passa a achar o Kilimanjaro meio sem graça.

Como toda ilha tailandesa que se preze, há uma rota de evacuação de Tsunami, criadas após o terrível maremoto que atingiu boa parte das ilhas no Mar de Andaman e fez milhares de vítimas.

Apesar das grandes perdas na época – das quais falaremos mais nos próximos textos -, vale salientar que foram feitos importantes investimentos nas tecnologias de prevenção a esse fenômeno da natureza. O maior perigo das praias da Tailândia deixaram de ser os tsunamis – agora detectados e alertados com boa antecedência -, mas sim a variedade animal que circula pelas areias…

Hong Island foi uma excelente iniciação às ilhas tailandesas. Mas acredite, essa ainda é só a primeira ilha que visitamos no país. Ainda havia muito mais belezas a serem exploradas…

Anúncios

Uma resposta em “Especial Ilhas da Tailândia: Hong Island

  1. Pessoal, parabéns pelo Blog! Relatos detalhados e informação de qualidade sobre o sudeste asiático! Estou indo com meu namorado em dezembro, e estava procurando informações mais completas sobre o trajeto Cingapura – Kuala Lampur – Langkawi – Thailandia, e o que achei até agora são muitos post soltos, sem informações tão completas. vcs surpreenderam! Felicidades e boa continuação da jornada de vocês! =)

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s