Quem somos

ATUALIZAÇÃO (Set/2016):  Após viajar durante todo o ano de 2014 e colecionar experiências incríveis, voltamos para o Brasil em 2015 e não nos adaptamos mais, rs. Saímos definitivamente em 2016. Atualmente moramos e trabalhamos em Bangkok, e pouco a pouco vamos atualizando o blog e compartilhando informações sobre a Tailândia.

Somos um jovem casal apaixonados por viajar, conhecer novos lugares e pessoas. Aos 23 anos, ousamos arriscar: Largamos tudo, arrumamos nossas mochilas e vamos viajar durante um ano inteiro. Pra que se contentar com a Copa do Mundo se podemos dar a Volta ao Mundo?

Carol

ANA CAROLINA CAMPOS DE OLIVEIRA.

Para os íntimos, simplesmente Carol.

Sou alguém que dá mais valor às pessoas do que as coisas; às ações do que às intenções; ao hoje do que ao amanhã.

Natural do Rio de Janeiro, nordestina no sangue e no coração. Em duas décadas, me mudei por pelo menos umas 11 vezes, então digamos que a ideia de viajar por um ano sem endereço fixo e com a “casa” nas costas não foi uma ideia lá tão complicada. Viajar o mundo, cruzar continentes, conhecer as mais diferentes e belas culturas, ver tudo aquilo que só via nas novelas das nove… Ah, sim! Essa, sim, foi uma ideia difícil de entender. Saiu muita fumacinha até compreender que para uma volta ao mundo é necessário apenas um pouquinho de força de vontade e planejamento.

Depois de quase surtar com o meu último ano (entre perdas familiares e um trabalho extremamente estressante e enlouquecedor), decidi que antes que isso aconteça é melhor correr no sentido contrário, remar contra a maré, ir para o outro lado do mundo… então aí vou eu!!

O meu compromisso e responsabilidade é apenas de ser feliz, pois a felicidade já vai ao meu lado!

Wendell

WENDELL OLIVEIRA.

Quando criança, preferia ler os Atlas do que os gibis. Ao invés de gravar a cor e o nome dos Pokémons, decorava as bandeiras dos países e suas respectivas capitais. A curiosidade de estudar idiomas veio naturalmente. Sendo de uma família de missionários, viajávamos bastante, mas sempre com um propósito muito maior do que só passear. Nas andanças de pau-de-arara pelas estradinhas do sertão nordestino, às vezes eu deitava na carroceria para fugir da poeira. Quando anoitecia, ficava contemplando dali o céu estrelado e a lua – sempre cheia nas minhas lembranças. “Esse mundo é tão grande“… Conhecendo a realidade nua e crua dos lugares, fui aguçando minha percepção desde cedo. O que tem lá seus contras: Até hoje não consigo segurar a risada quando ouço alguém dizer que o Rio é a “Cidade Maravilhosa”…

No Ensino Médio, dava o meu melhor em tudo. Em troca, recebia boas notas, elogios e muitas expectativas. Isso criou uma pressão enorme em um rapazote que, na mais tenra idade, achava que sua obrigação era “vencer na vida”, seja lá o que isso significasse. Achei que seria um grande publicitário, sairia na capa da Times e quem sabe até viraria sócio do Roberto Justus. Ledo engano: Um dia você acorda, percebe que é pobre, sem experiência, que não vai conseguir arcar com uma boa faculdade e que, por fim, vai ter que aceitar o primeiro subemprego que aparecer – se der sorte.

Aos 17 anos, trabalhando no que eu não queria e estudando o que eu não gostava, cheguei à uma terrível conclusão: “Minha vida mal começou e já está acabada.” Fatalmente, seriam anos pela frente de insatisfação, até que me contentasse com uma casa e um carro, aguardasse pela aposentadoria e, quem sabe, no final de tudo, viesse a desfrutar meus últimos dias fazendo o que eu realmente queria.

Fingi pra mim mesmo que iria aceitar aquele destino e segui fielmente a cartilha até os 23 anos – com duas interrupções: O Amor que nutria pela Carol, que resultou em casamento; e a paixão que descobri pelas bicicletas, que resultou em uma saúde melhor. Contudo, a harmonia entre o bem-estar físico e mental despertaram o garotinho que havia dentro de mim, adormecido com o passar dos anos, e que justamente por isso nunca deixou de sonhar.

E hoje aqui estou eu, me sentindo vivo como há muito não sentia, pronto para a maior das minhas aventuras na melhor das companhias.

Anúncios

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s